Penso, logo blog

Novembro 27 2009

Barack Obama ofereceu um jantar ao Primeiro Ministro indiano Manmohan Singh na Casa Branca e como é costume nestas situações, existe uma lista de convidados.

Acontece que a este jantar compareceu o casal Michaele e Tareq Salahi sem ter sido convidado, e tanto quanto se sabe, comeu, bebeu, posou para os fotógrafos, conviveu com os ilustres que por lá estavam.

E se fosse cá? E se fosse em Belém?

Não conheço nem Obama nem Cavaco pessoalmente, mas avaliando pelo que se lê, vê e ouve, seria melhor a segurança do nosso Presidente montar um perímetro de segurança para que os convidados não saíssem antes da festa terminar.....

publicado por Fátima às 11:28

Novembro 23 2009

Vítor Constâncio veio defender um aumento de impostos para contenção do déficit.

Ora bolas, assim também eu.... não é preciso ser-se nenhum ás da economia ou das finanças, ou lá o que quer que estes senhores estudaram ou sabem, para conseguir baixar o déficit à custa daquilo que todos nós oferecemos mensalmente, quer contribuintes quer empresas...

O que deve ser feito é conter a despesa pública, essa sim é galopante e não há receitas de impostos que cheguem.

E agora pergunto eu: e governo com os ditos no sítio para isso?

publicado por Fátima às 20:32
Tags:

Novembro 18 2009

Um dia, quando um homem chegou tarde a casa, cansado e irritado após um dia de trabalho, encontrou, esperando por si à porta, o seu filho de 5 anos.
- Papá, posso fazer-te uma pergunta?
- Claro que sim. O que é?
- Quanto ganhas numa hora?
- Isso não é da tua conta. Porque me perguntas isso?! - respondeu o homem, zangado.
- Só para saber. Por favor... diz lá... quanto ganhas numa hora? - perguntou novamente o miúdo.
- Bom... já que queres tanto saber, ganho 10 euros por hora.
- Oh! - suspirou o rapazinho, baixando a cabeça.
Passado um pouco, olhando para cima, perguntou:
- Papá, emprestas-me 5 euros?
O pai, furioso, respondeu:
- Se a razão de tu me teres perguntado isso, foi para me pedires dinheiro para brinquedos caros ou outro disparate qualquer, a resposta é não! E, de castigo, vais já para a cama. Vai pensando no menino egoísta que estás a ser.
A minha vida de trabalho é dura demais para eu perder tempo com os teus caprichos!
O rapazinho, cabisbaixo, dirigiu-se silenciosamente para o seu quarto e fechou a porta. Sentado na sala, o homem ficou a meditar sobre o comportamento do filho e ainda se irritou mais. Como se atrevia ele a fazer-lhe perguntas daquelas? Como é que, ainda tão novo, já se preocupava em arranjar dinheiro?

Passada mais ou menos uma hora, já mais calmo, o homem começou a ficar com remorsos da sua reacção. Talvez o filho precisasse mesmo de comprar qualquer coisa com os 5 euros. Afinal, nem era costume o miúdo pedir-lhe dinheiro.
Dirigiu-se ao quarto do filho e abriu devagarinho a porta.
- Já estas a dormir? Perguntou.
- Não, papá, ainda estou acordado. - respondeu o miúdo.
- Estive a pensar... Talvez tenha sido severo demais contigo? - disse o pai.
- Tive um longo e exaustivo dia e acabei por desabafar contigo. Toma lá os 5 euros que me pediste.
O rapazinho endireitou-se imediatamente na cama, sorrindo:
- Oh, papá! Obrigado!
E levantando a almofada, pegou num frasco cheio de moedas. O pai, vendo que o rapaz afinal tinha dinheiro, começou novamente a ficar zangado.O filho começou lentamente a contar o dinheiro, até que olhou para o pai.
- Para que queres mais dinheiro se já tens aí esse? - resmungou o pai.
- Porque não tinha o suficiente. Agora já tenho! - respondeu o miúdo.
- Papá, agora já tenho 10 euros! Já posso comprar uma hora do teu tempo, não posso? Por favor, vem uma hora mais cedo amanhã. Gostava tanto de jantar contigo...

 

publicado por Fátima às 11:02
Tags: , ,

Novembro 09 2009

Faz 20 anos que foi derrubado o muro de Berlim e para comemorar este acontecimento os Scorpions compuseram a balada "Winds of Change".

Quantos muros nos faltam ainda derrubar?

publicado por Fátima às 21:02

Novembro 08 2009

Nada melhor que fazer um bolinho num final de tarde chuvoso.

Esta tarte de maçã foi feita ontem à tarde e só vos digo que ficou bem boa....

publicado por Fátima às 09:45

Novembro 07 2009

Que saudades de ouvir esta canção....

 

publicado por Fátima às 11:27

Novembro 03 2009

Esta ideia de eventualmente termos de vir a pagar uma taxa por pagarmos um bem ou serviço com cartão é uma coisa que me deixa solenemente irritada.

Se quando eu puxar do meu cartão de débito (porque não uso nem nunca usei cartão de crédito) para pagar o que quer que seja me informarem de que vão cobrar uma taxa seja ela de que valor fôr, ai pois podem ter a certeza de que saio imediatamente porta fora e vou a outro lado.

Se se armarem em espertos e me cobrarem a taxa sem me avisarem, lá vou eu ter de pedir o livrinho de reclamações.

A ver vamos.....

 


... ou será Blog, logo existo?
mais sobre mim
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
19
20
21

22
24
25
26
28

29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO